NÃO PENSE EM CRISE, CORTE LEGUMES

legumes

A preguiça alheia é um mercado lucrativo e que não enfrenta crise.  Estava eu a observar a movimentação em uma das seções de frios do Hortifruti – aquele do texto ‘Meu sal não é do Himalaia‘,apinhado de gente linda, rica e que não sua. Pois bem, hoje, as atenções estavam voltadas para um setor que vende frutas, legumes e folhas já picados, facilitando a sua vida e engordando o bolso de quem as vende.

Em um primeiro momento parece um grande negócio você ter acesso a um copo com melancias picadas. Mas é claro que ninguém fez isso de graça e quem paga a conta somos nós. Tudo tem seu custo e a minha alma classe média fez os cáculos para você: o tal copo com a melancia picada, com duzentos e quarenta gramas, custava R$3.50. Maravilha, né? Mas aí você descobre que parte de uma melancia pesando um quilo e seiscentos gramas custa R$4.96. Não sou muito boa de contas, mas percebe-se aí uma desvantagem.  Ainda mais se eu acrescentar a informação de que no copo tinha uns seis pedaços da fruta e a parte dela (a de R$4.96) renderia três vezes mais que isso. E a cenoura? Toda bonitinha e quadradinha na bandeja? Uma analogia perfeita com o que estão fazendo com o seu dinheiro. 168 gramas custavam em média R$4.63, e com esse valor, creio eu, daria para comprar bem mais que isso. O mais cara-de-pau que eu vi nesta seção foi a alface embalada sob a honraria de já ter sido lavada. O banho tornou a folha três vezes mais cara em comparação com a sua versão disposta na bancada. Porra, que banho é esse, gente? Com leite de rosas e massagem ao final? E por último, o pior: cebola picada! Sim, CEBOLA!! Deve ser para não chorar…

Mas se tem alguém vendendo é porque tem alguém comprando, business, meu bem. Percebi que uma senhora ao meu lado esfregava na minha cara seu pedigree ao lotar o carrinho de embalagens caríssimas de coisas já picadinhas. Ela nem olhava o valor e muito menos fazia contas, afinal, não tem nada mais classe média do que fazer contas no mercado. Quando ela pegou a bandeja com cinco rodelinhas de pimentão, eu pensei: está na hora de inventar a profissão personal picador de legumes. Dizem que é na crise que nascem as oportunidades, olha uma aí!


Curta: http://www.facebook.com/cozinhasemfiltro

**Comente aqui utilizando o ícone do facebook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s