COMER NO FRIO É BOM DEMAIS!

Um dia frio… Um bom lugar para ler um livro comer ‘gordices’ como se não houvesse o amanhã. Para quem pensa que o habitat natural do capeta é no calor típico dos infernos, saiba que existe um subtipo do ‘coisa ruim’ que se fortalece no frio, justo para fomentar a sua vontade de comer feito uma retroescavadeira devorando tudo o que tem pela frente.

Em dias de baixas temperaturas fica difícil ser amiga de uma alface e falar ‘tudo bem, vem comigo’. Não mesmo, você quer logo retomar o papo com a batata – puro carboidrato – e planejar com ela o preparo de sua versão ao forno com bacon em cima. Nesses dias de cachecol no pescoço, nem adianta a beterraba usar o truque de sangrar roxo na minha frente para me comover.  O frio nos traz duas alegrias: a de se vestir elegante e a de comer com mais prazer ainda.

Ninguém sonha em encarar uma feijoada no calor de 45 graus do Rio de Janeiro (inicio um processo de desmaio só de imaginar a cena). Quem mora em cidades com sol de maçarico sabe bem o que estou dizendo. Para quem não mora, imagina que você está preso dentro de uma sauna a vapor bem quente, e alguém te serve uma feijoada pelando para que seja consumida ali. Impossível, né? Por isso, só por hoje podemos rejeitar a salada de rúcula e seus tomates cerejas.  Hoje estamos todos ‘fazendo a Xuxa’ e firmando nosso pacto com o ‘tinhoso’. Vamos sucumbir às suas tentações e desfrutarmos da harmonia que existe entre o frio e comer muito.

Mas de uma coisa não abro mão, não me venha com esses congelados assassinos – pelo amor de sua coronariana. Não caia nessa história de que: ‘o strogonoff da Sadia não tem conservante porque foi congelado logo após o preparo’ (Sadia, você quer enganar quem com essa conversinha?). Vamos nos acabar de comer mas, mesmo assim, minimamente saudáveis. É possível.  Ou você vai naquele restaurante maravilhoso de massas, por exemplo, ou prepara em casa algo bem quentinho, gostoso e livre de aditivos. O meu conceito de saudável quer dizer refeições sem industrializados e com mais legumes e verduras. Ah, diminuir o consumo de açúcar também faz parte.

Finalizando esse texto me bateu uma dúvida: será que vou de massa, carne, caldo ou escondidinho?. Enquanto eu penso, vou comendo pedacinhos de bolo de laranja fresquinhos e me aquecendo com um chá de camomila. Hummm! Comer no frio é bom demais!


curta ~ http://www.facebook.com/cozinhasemfiltro

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s