NÃO DÁ MAIS. ACABOU. BOA SORTE.

Foto/reprodução google

Hoje eu criei coragem e coloquei um ponto final na minha longa relação. Faz um bom tempo que estou maturando essa decisão em mim. Tentei por vezes me enganar, perdoar e me iludir que era possível manter tudo como estava, mesmo que aquilo me fizesse mal.

Não sou injusta e reconheço com gratidão os vários momentos que desfrutamos juntos: a pizza preferida, o macarrão de fim de semana, os encontros rotineiros no mercado.
Não nego, tudo com ele ficava mais vivo. Intenso. Colorido.
Mas com o tempo percebi que essa união‘vermelho sangue’ não me satisfazia.

Não dava mais para engolir.

Seus defeitos, antes discretos, estavam fluorescentes para mim.
O corpo gritava por mudanças. Urgentes.

Até as amigas diziam que já tinha passado da hora de me libertar desse vínculo sustentado apenas por conformismo. Aí, tanto sentimento junto me alimentou de uma bravura necessária para chegar a esse veredito.

Há uma hora na vida em que a gente precisa dizer: molho de tomate industrializado não dá mais. Acabou.

E foi assim que eu passei a usar somente o molho caseiro em minhas refeições e lanches.


No blog #cozinhasemfiltro qualquer ingrediente é uma inspiração para a elaboração de um texto. Aproveito para compartilhar o link – com vídeo – da receita de molho caseiro que mais gosto. Já experimentei várias. Mas essa é a que eu mais uso, que é da chef Rita Lobo, claro. Clique aqui para ter acesso ao vídeo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s